Início
 Revistas 
Livros Usados


Teatro » Autores portugueses

Don Giovanni ou o dissoluto absolvido

José Saramago

botao
7.90

Quatro ensaios à boca de cena

AAVV

Para uma política teatral e da programação

"Raramente, em Portugal, se escreveu uma obra como Quatro ensaios à boca de cena, sobre o teatro português. [...] logo de início o leitor recebe um choque – mas um choque que, longe de o deprimir, lhe insufla a força de acreditar nas possibilidades reais de mudança da produção teatral no nosso país. Neste sentido, o que impressiona realmente é a natureza do impulso crítico que anima os autores: não se trata de culpabilizar ou de responsabilizar, antes de tudo, instituições e pessoas mas, ao apontar falhas, de mostrar novos caminhos. Para tanto, é preciso conhecer os meandros mais imprevisíveis e microscópicos que impediram tal e tal experiência de avançar ou de conceber uma política global para o teatro em Portugal. Só quem é capaz de mapear todo esse universo de gestos, às vezes ínfimos, sabe como traçar um outro mapa – o das intensidades necessárias à transformação geral do pensamento e dos comportamentos exigidos para a criação de uma situação inteiramente nova. [...]
Acredito que este livro abrirá a oportunidade para um vasto debate, a nível nacional, sobre o presente e o futuro do teatro no nosso país. Em todo o caso, depois da sua leitura, não será mais possível acantonar a discussão em problemas limitados ou locais: Quatro ensaios à boca de cena mostra que, para esses problemas serem pensados, é necessário situá-los num plano mais vasto, não só num território material (nacional e internacional), mas num território mental - o da natureza e história do teatro e das exigências de um teatro contemporâneo à medida do nosso futuro enquanto colectividade que, através da sua língua e do seu desejo, tenta devir livremente “o que é”. Ouso esperar que, depois da sua recepção pública, nada será como dantes, no mundo do teatro."
José Gil, "Prefácio"
botao
14.00

Sátira e lirismo no teatro de Gil Vicente Vol. I e II

José Augusto Cardoso Bernardes

botao
38.35

As comédias de António José, o judeu

António José da Silva

Esta edição, organizada por Paulo Roberto Pereira, é uma revisitação da trajetória da Antônio José da Silva, o Judeu, situando-o no complexo mundo da primeira metade do século XVIII, em que o alvorecer do Iluminismo, nos dois lados do Atlântico, era feito de aventuras, de desenfreada busca de riquezas, mas também de intolerância religiosa e racial.. Esses são alguns dos aspectos a destacar da tragédia que se abateu sobre os cristãos-novos luso-brasileiros e a ação em Portugal e no Brasil do Tribunal de Santo Ofício da Inquisição.
Selecionaram-se, para este livro, as quatro peças mais editadas e representads do Judeu: a "Vida do grande d. Quixote de la Mancha e do gordo Sancho Pança", a "Esopaida ou Vida de Esopo", "Anfitrião ou Júpiter e Alcmena" e as "Guerras do alecrim e manjerona".
botao
29.68

Atitude inesperada de um deficiente de guerra perante o quadro de Francisco Goya no Museu do Prado

António Faria

botao
3.00

O desejo de teatro

Isabel Alves Costa

"Esta biografia, que pode ser lida como um romance na forma dramatúrgica em que se apresenta, é também um ensaio sobre como o teatro pode ser de nervos."
António Pinto Ribeiro (Prefácio)
botao
10.00